A PERCEPÇÃO DA VIOLÊNCIA POR IDOSOS DO GRUPO VIVA MELHOR DE UM MUNICIPIO GOIANO.

Adriana Holanda, Ana Queiroz, Brenda Mendonça, Bruna Monteiro, Daniela Nogueira, Eda Barros, Ricardo Mota, Sirlene Araújo, Vanessa Nogueira, Vanusa Oliveira

Resumo


Resumo: A velhice é compreendida a partir de 60 anos completos, e violência é o estado daquilo que é violento, caracterizado pela veemência, irascibilidade, abuso da força, opressão e coação. As diferenciadas maneiras pelas quais o abuso contra o indivíduo idoso se propaga encontram-se citados em informações oficiais. Nosso estudo foi realizado com intuito de verificar a percepção dos idosos sobre violência. Trata-se de um estudo retrospectivo de abordagem quantitativa. Em nosso estudo observou-se que 52,63% dos idosos foram expostos a múltiplos tipos de violência. De modo geral, os idosos têm conhecimento insuficiente sobre a violência precisando de uma forma mais segura e saudável de abordagem do assunto. O conhecimento a este respeito ainda se encontra em processo de construção, visto que a violência é um problema social que recebe diferentes leituras no mundo todo e é influenciado pelos aspectos culturais de cada comunidade. São necessários políticas e planejamento que subsidiem e ofereçam estruturas para que os idosos possam ter um envelhecimento saudável e menos exposição à violência. Sugerem-se ainda novas pesquisas que possam avaliar o conhecimento acerca da violência e maus tratos contra o Idoso. Palavras-chave: idoso, violência psicológica, maus-tratos.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRANCHES, CECY DUNSHEE DE; ASSIS, SIMONE GONÇALVES DE. A invisibilidade da violência psicológica na infância e adolescência no contexto familiar. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro. 2011, vol.27, n.5; 27(5):843-854.

BARREIRA, Alice Kelly; LIMA, Maria Luiza Carvalho de and AVANCI, Joviana Quintes. Coocorrência de violência física e psicológica entre adolescentes namorados do recife, Brasil: prevalência e fatores associados. Ciênc. Saúde coletiva [online]. 2013, vol.18, n.1, pp. 233-243.

BARHAM, ELIZABETH JOAN; PINTO, FRANCINE NATHÁLIE FERRARESI RODRIGUES; ALBUQUERQUE, PALOMA PEGOLO. Idosos vítimas de violência: fatores sócio demográficos e subsídios para futuras intervenções. Estud. pesqui. psicol., Rio de Janeiro. 2013, vol.13, n.3, p.1159-1181.

CASTRO, ANÚBES PEREIRA DE; GUILAM, MARIA CRISTINA RODRIGUES; SOUSA, EDUARDO SÉRGIO SOARES AND MARCONDES, WILLER BAUMGARTEN. Violência na velhice: abordagens em periódicos nacionais indexados. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2013, vol.18, n.5, pp. 1283-1292.

CAVALCANTI, MARIA DE LOURDES TAVARES AND SOUZA, EDINILSA RAMOS de. Percepções de gestores e profissionais de saúde sobre a atenção aos idosos vítimas de violências no município do Rio de Janeiro (RJ, Brasil). Ciênc. saúde coletiva[online]. 2010, vol.15, n.6, pp. 2699-2708.

DUQUE, ANDREZZA MARQUES et al. Violência contra idosos no ambiente doméstico: prevalência e fatores associados (Recife/PE). Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.8, pp. 2199-2208.

ESPINDOLA, Cybele RibeiroeBLAY, Sérgio Luís. Prevalência de maus-tratos na terceira idade: revisão sistemática. Rev. Saúde Pública [online]. 2007, vol.41, n.2, pp. 301-306.

FACURI, Cláudia de Oliveira et al. Violência sexual: estudo descritivo sobre as vítimas e o atendimento em um serviço universitário de referência no Estado de São Paulo, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2013, vol.29, n.5, pp. 889-898.

FILHO, Jorgeano Gregório Lobo; Araújo, Ludgleydson Fernandes de. Análise Psicossocial da Violência contra Idosos. Psicol. Reflexão e Crítica. 2008; 22(1),153-160.

GADONI-COSTA, Lila Maria; ZUCATTI, Ana Paula NoronhaandDELL'AGLIO, Débora Dalbosco. Violência contra a mulher:levantamento dos casos atendidos no setor de psicologia de uma delegacia para a mulher. Estud. psicol. (Campinas)[online]. 2011, vol.28, n.2, pp. 219-227.

GÓMEZ, Bárbara Angélica; Gomes, Nadirlene Pereira; Diniz, Normélia Maria Freire; Lopes, Regina Lúcia Mendonça; Mota, Rosana Santos; Solange, Maria dos Anjos Gesteira. Aborto provocado e violência doméstica entre mulheres atendidas em uma maternidade pública de Salvador-BA. Rev. bras. enferm. Brasília. 2011. vol.64, n.6; 64(6):1010-5.

IBGE, Google. Disponivel em: http://www.ibge.gov.br/home/ Acesso em 06 de maio de 2015.

JUNIOR, Paulo Cavalcante Apratto. A violência doméstica contra idosos nas áreas de abrangência do Programa Saúde da Família de Niterói (RJ, Brasil). Ciência & Saúde Coletiva, 2010,15(6):2983-2995

JUSSANA DE SOUSA, Danúbiaet al.,. Maus-tratos contra idosos: atualização dos estudos brasileiros. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. [online]. 2010, vol.13, n.2, pp. 321-328.

MAGALHÃES, Celina Maria Colino; Dell’Aglio, Débora Dalbosco; Cabral, Isabel Rosa; Gomes, Maisa Moreira; Veloso, Milene Maria Xavier. Notificação da violência como estratégia de vigilância em saúde: perfil de uma metrópole do Brasil. Cad. Saúde Pública. 2013, 18(5):1263-1272.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de Metodologia Científica. 2010,vol.7, p.169.

MASCARENHAS, Márcio Dênis Medeiros et al. Violência contra a pessoa idosa: análise das notificações realizadas no setor saúde - Brasil, 2010.

Ciênc. saúde coletiva [online]. 2012, vol.17, n.9, pp. 2331-2341.

MORAES, Claudia Leite de; APRATTO JUNIOR, Paulo Cavalcante and REICHENHEIM, Michael Eduardo. Rompendo o silêncio e suas barreiras: um inquérito domiciliar sobre a violência doméstica contra idosos em área de abrangência do Programa Médico de Família de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.10, pp. 2289-2300.

NETO, Gilliat Hanois Falbo; Cunha, Juliana de Oliveira Carneiro da; Melo, Victor Lopes de. Maus tratos contra idosos no município de Camaragibe, Pernambuco. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. Recife. 2006, vol.6 (supl): 543-548.

OLIVEIRA, Annelissa Andrade Virgíniode; TRIGUEIRO, Debora Raquel Soares Guedes; FERNANDES, Maria das Graças MeloandSILVA, Antonia Oliveira. Maus-tratos a idosos: revisão integrativa da literatura. Rev. bras. enferm.[online]. 2013, vol.66, n.1, pp. 128-133.

QUEIROZ, Zally Pinto Vasconcellos de; LEMOS, Naira de Fátima Dutra and RAMOS, Luiz Roberto. Fatores potencialmente associados à negligência doméstica entre idosos atendidos em programa de assistência domiciliar. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, n.6, pp. 2815-2824.

RIBEIRO, Adalgisa Peixoto and BARTER, Elaine Aparecida Chaves de Paiva. Atendimento de reabilitação à pessoa idosa vítima de acidentes e violência em distintas regiões do Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, n.6, pp. 2729-2740.

RIBEIRO, Adalgisa Peixoto; SOUZA, Edinilsa Ramos de and VALADARES, Fabiana Castelo. Atendimento de saúde para pessoas idosas vítimas de violência no município do Rio de Janeiro. Ciênc. saúde coletiva[online]. 2012, vol.17, n.5, pp. 1167-1177.

SANCHES, Ana Paula R. Amadio; LEBRAO, Maria LúciaandDUARTE, Yeda Aparecida de Oliveira. Violência contra idosos: uma questão nova? Saude. soc. [online]. 2008, vol.17, n.3, pp. 90-100.

SHIMBO, Adriano Yoshio; LABRONICI, Liliana Maria and MANTOVANI, Maria de Fátima. Reconhecimento da violência intrafamiliar contra idosos pela equipe da estratégia saúde da família. Esc. Anna Nery[online]. 2011, vol.15, n.3, pp. 506-510.

SILVA, Anne Caroline Luz Grüdtner da; COELHO, Elza Berguer Salema and LINDNER, Sheila Rubia. Violência: Definições e Tipologias, Florianópolis-SC 2014.

SOUZA, Edinilsa Ramos de and MINAYO, Maria Cecília de Souza. Inserção do tema violência contra a pessoa idosa nas políticas públicas de atenção à saúde no Brasil. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, n.6, pp. 2659-2668.

WANDERBROOCKE, Ana Claudia Nunes de Souza; Moré, Carmem Leontina Ojeda O campo. Significados de violência familiar contra o idoso na perspectiva de profissionais da Atenção Primária à Saúde. Ciênc. Saúde coletiva [online]. 2012;17(8):2095-2103.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.