A importância da inserção do aprendiz no mercado de trabalho

Camila de Oliveira, Leonardo Peixoto Simão

Resumo


Este artigo científico, por meio de pesquisa doutrinária, tem como finalidade peculiar demonstrar que a inserção do menor aprendiz no mercado de trabalho deve se realizar com o intuito de formar jovens conscientes e capacitados para o mundo globalizado (mercado de trabalho), que está se tornando cada vez mais competitivo e seletivo quando se trata de contratação de empregados. Partindo dessa premissa, procurar-se-á mostrar que, ofertando ao jovem uma oportunidade de se ingressar no mercado de trabalho, ainda que como aprendiz, o mesmo não se necessitará buscar meios ilícitos e ilegais para se sobressair, haja vista que esse adolescente será visto pela sociedade como um cidadão capaz de contrair direitos e deveres. Demonstrar-se-á, ainda, a importância de inserção do menor no mercado de trabalho, não só para a sociedade, mas também, para os próprios menores. Far-se-á compreender que o futuro desses jovens está no presente, ou seja, nas mãos daqueles que lhes dão oportunidades para ingressarem no mercado de trabalho, já que são tenazes e criativos, e que buscam um espaço nesse mercado tão seleto e rival.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.