RESPOSTAS DE APLICAÇÕES DE DIFERENTES DOSES DE ZINCO NA CULTURA DO ARROZ EM SOLOS DO CERRADO

Joaquim Alves da Costa Junior, Marciana Cristina da Silva, Itamar Pereira de Oliveira, Fernando Rezende da Costa, Antônio Florentino de Lima Junior

Resumo


O zinco é um dos principais micronutrientes para elevar a produtividade do arroz, a falta desse micronutriente pode diminuir na produção desse grão. Boa parte dos solos brasileiros é caracterizado por baixos teores de nutrientes e com pH geralmente baixo, apesar da aplicação boa parte fica retida nas partículas do solo ou lavados pelas águas e por isso para se obter uma boa produtividade da cultura é obrigatório fazer uma adubação complementar com alguma fontes de zinco. Objetivou-se com este trabalho, avaliar a altura de plantas, número de folhas, perfilho e avaliar o peso da massa de água em plantas de arroz produzida sob diferentes aplicações de doses de zinco no arroz na cultivar sertaneja. O delineamento experimental utilizado foi o delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e oito repetições. O solo foi adubado com cinco níveis ou tratamentos: Tratamento 1: 0 Kg. ha- 1 de Zn, Tratamento 2: 30 Kg. ha-1 Zn, T3: 40 Kg. ha-1 Zn, Tratamento 4: 50 Kg. ha-1 Zn, Tratamento 5: 60 Kg. ha-1 Zn, com oito repetições cada. Verificou-se que o T4 obteve o melhor resultado na altura de plantas de arroz, já o T2 teve maior resultado de peso de massa de água, número de perfilho e folhas. Foi observado que quando aplicado doses diferentes de Zn no solo as plantas pode expressar diferentes características, nem sempre as doses maiores pode elevar a produtividade e sim diminuirá.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.